E a regulamentação heim?!

Regulamentação

Faz poucos minutos que acabou a transmissão do WSOP e que conhecemos o grande campeão, McKeehen que levou mais de 7 milhas para casa, uma verdadeira paçocada.

Como eu não curti muito como foi jogada a FT e para ser sincero ninguém gostou, vou falar sobre um tema que foi falado na transmissão, especialmente pelo Igor Federal, que é a regulamentação do nosso esporte.

Sempre quando falamos na regulamentação o primeiro ponto que vem em qualquer conversa é a questão do imposto. É um ponto importante?! Definitivamente é! Mas a regulamentação está longe de ser apenas a questão do imposto e mesmo que fosse, já seria positivo.

O Poker assim como os demais jogos está no radar do governo já faz algum tempo e quando a iniciativa, a briga por leis próprias surge de dentro do Poker, impede o governo de colocar nosso esporte no mesmo balaio de gato dos jogos de azar. Evita que o governo exerça uma relação vertical de decidir e nós simplesmente termos que acatar. A batalha será grande mas a guerra será nossa.

E quais serão os termos da regulamentação?! Bom só o futuro irá dizer. A certeza que podemos ter é uma maior segurança para todos que praticam, desde o mais recreativo de todos até as grandes empresas. Para aquele que mal conhece, o Poker estará mais do que nunca nas mídias, quebrará o estigma das casas e ele poderá frequentar sem medo de sofrer preconceitos, preconceito esse que por mais que seja menor do que anos atrás ainda existe.

Para quem respira o Poker, seja jogador, dealer ou floor, haverá uma maior segurança jurídica, por incrível que pareça há muitas pessoas que trabalham no meio, sustentam suas famílias e hoje sofrem com uma instabilidade enorme que nem se compara com aquela variância do jogo em si, e com os direitos e deveres estipulados isso irá mudar e para muito melhor!

Óbvio que para o jogador que estava acostumado a não declarar seus impostos, não ter deveres, a primeiro momento isso pode causar um pouco de pânico. O jogador de Poker é questionador por natureza, é curioso, quer saber o que e por qual razão e também tem medo quando se meche em algumas gavetas.

Algo que penso bastante é na questão da cidadania, como questionamos em nossos meios o mal uso do dinheiro público se nem cumprimos a nossa parte?! Se em escala – menor é claro – estamos em uma mesma marginalidade?!

Uma reclamação constante que vejo dos jogadores live, é a questão do rake. Já imaginaram que com a regulamentação há muitas empresas que podem explorar e abrir casas no Brasil?! Consegue imaginar poder jogar no MGM, Hard Rock, entre outros com o rake capado? Ter ações de marketing dessas empresas de maneira tão agressiva que o Poker teria um boom e mais pessoas começariam a jogar? Uma explosão de jogadores recreativos jogando não é o sonho de qualquer jogador profissional?!

No Poker Online eu torço para que a regulamentação seja nos moldes dos países em que manteve-se junto com os jogadores do mundo inteiro e o mercado não foi fechado. Como os mercados que se fecharam tiveram quedas constantes em suas receitas, acredito que a briga será grande nesse aspecto. Reino Unido é um exemplo onde foi regulamentado mas não foi fechado!

O Poker hoje não é ilegal, não há lei proibindo, porém a falta de regulamentação faz algumas empresas encaixarem como se o Poker estivesse em uma Zona cinzenta, como foi o caso do Party Poker. Outras empresas tem medo de investir, as grandes mídias não noticiam com a frequência devida dos grandes torneios que temos pelo Brasil. Só para citar, vocês repararam que jogos como League of Legends e DOTA estão constantemente nas notícias, passando nos jornais ? Hoje isso já está mudando de forma tímida, com a regulamentação não vai ter escape. Vai ter propaganda e incentivo a jogar Poker até em propaganda de traseira de busão!

Durante a transmissão o Federal usou algumas estatísticas que nos colocam na realidade de quando esperar essas mudanças “Para o ano que vem é flip, 70-30 nos próximos 3 anos e 90-10 nos próximos 5-10 anos…”

É claro que muita coisa vai nos tirar da zona de conforto e como aconteceu em diversos outros esportes foram mudanças bruscas em um determinado momento que levaram ao sucesso que vemos hoje.

Podemos até ver o copo meio vazio nesse cenário todo porém temos a obrigação de brigar por ele meio cheio!

Saúde!

Abs,

Ban

Advertisements

One thought on “E a regulamentação heim?!

  1. “O Poker hoje não é ilegal, não há lei proibindo” – sim, e isso basta. O próprio reconhecimento como esporte da mente já deveria bastar como aval de seriedade e legalidade do esporte.

    Quanto menos a mão gorda e sedenta do Estado se intrometer melhor para qualquer negócio. Basta ver o estrago que as leis trabalhistas fazem no bolso de quem tenta empreender. No máximo o Governo deveria dizer: não é ilegal. O que seria chover no molhado.

    Se não é ilegal e não há lei que proíba, o resto (inclusive apoio da grande mídia, empresas e mercado como um todo) se desenvolve sem a necessidade de enfiar o governo. Vejam o caso dos táxis e do Uber, ou do AirBnb, soluções para o usuário/cliente que não tem seu direito de escolha respeitado pq o Governo precisa agradar os cupinchas dos sindicatos para que eles não fechem ruas, não causem baderna, não deixem de votar.

    No Brasil, incluir o Governo é arranjar o pior tipo de sócio que existe. Mas parece que estamos longe de aprender isso, continuamos sedentos por mais Estado, mais leis inúteis, mais impostos, mais regulamentação.

    É uma pena.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s