diferenças entre ‘live’ e online

(Texto originalmente publicado no Blog Oficial do PokerStars em 2/6/2015, link original)

 

É época de WSOP e todas as atenções estão voltadas para Las Vegas! Para a maioria dos jogadores, o ano se resume em 10 meses de online e 2 meses de puro “live”. É claro que existem outros torneios intercalados, como EPT, LAPT e o BSOP para nós brazucas.

O jogo ao vivo é onde o poker vira uma verdadeira maratona. São vários dias de jogo, normalmente por 10-12 horas, e com o foco em uma mesa, diferentemente do online onde temos 10-12 torneios ao mesmo tempo e às vezes até uns 60 no dia.

Se o poker online é o trabalho de formiguinha do dia a dia, é do “live” que vem a maior adrenalina, glamour, a mesa televisionada, a busca pelo troféu e aqueles gritos da torcida que fazem o poker se assemelhar ainda mais com todos os outros esportes que conhecemos.

IMG_3900.jpg

Ivan “Ban” Martins

Semana passada tivemos o BSOP Rio Quente, e nós do Akkari Team fomos em peso. Foi uma festa, com dia 2 e retas finais. E antes mesmo de acabar, já fizemos planos para o próximo torneio e viagens.

Mas agora indo para o que interessa um pouco mais e pensando nos estudos, quais as diferenças do “live” para o online e vice-versa? É uma eterna discussão, e alguns pontos acabam sendo consenso na hora de fazer as adaptações.

Se você joga somente “live” e está pensando em pegar mais pesado nas mesas do PokerStars, a primeira coisa a se pensar é nos torneios que vai jogar. Há uma infinidade de modalidades e formatos, e uma boa seleção antes de começar a jogar é essencial. Se temos menos tempo, vamos aos Turbos, os famosos vermelhinhos (The Big, The Hot, Sunday Million, Sunday 500). São praticamente de lei na reta, afinal o garantido é lá em cima, e com isso vem os fields gigantes e uma maior variância. Se há maior variância por causa do tamanho do field, ela pode ser quebrada com o volume, fazendo sentido aquele monte de torneio que jogamos no dia.

Agora pensando pelo outro lado, de quem quer ir do online para o “live”, lembro das primeiras viagens pelo Akkari Team para os EPTs em 2014. Algo que enfatizamos foi o foco e a postura nas mesas. Saber o que está acontecendo nas mesas ao vivo é relativamente mais fácil, afinal é uma mesa só não é? Nem sempre! Principalmente para quem vem do online e está acostumado com um monte de ‘action’, estar em uma mesa foldando por horas pode ser um convite para perder o foco, ficar mais tempo no celular e a hora que você vê… Puft!!! Acontece justamente o contrário, você está ali na mesa de corpo presente mas o foco está lá nas cucuias… Sem foco não sabemos o que está acontecendo, não notamos as tendências dos adversários, o range atribuído ao adversário vai ser mais ‘chutômetro’ que habilidade e no final vamos estar jogando mais as cartas que recebemos do que a mesa em si, ou seja, uma combinação terrível.

“Live” ou online, o jogo continua sendo o mesmo: um jogo de pessoas em que quem se adapta melhor, vence! Então antes de começar a session online ou aquela viagem para um torneio “live”, pense nas adaptações. Sempre será poker, mas com suas sensíveis diferenças!

Abraços,

Ban

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s