Mudanças no BSOP-2015

Nessa semana postei sobre o calendário do BSOP, da primeira etapa que acontece em fevereiro. Falei que de modos gerais tinha visto com bons olhos as mudanças mas na minha fanpage muita gente postou opiniões contrárias, algumas que eu concordo e outra que acho incabível que obviamente discordo.

Vamos lá e por partes, as principais alterações foram:

– Extinção do torneio 6-max.

– Main Event passa a ter Buyin de R$2.600 com a possibilidade de reentradas no mesmo dia de torneio.

– PLO passa a ter buyin de R$1.500.

– Entram na grade os torneios survivor, courchevel, 8mix game.

– O High Roller passa a ter buy in de R$ 6.000.

 

6-max.

Vou começar pela novidade que não gostei e tenho certeza que nenhum jogador gostou. Sinceramente não entendi por que o 6-max saiu da grade, é o torneio que sai daquela dinâmica do 10 handed, onde você joga mais poker e menos fold’em. Tenho certeza que vai haver um movimento grande de jogadores em favor da volta desse formato e a organização que sempre teve uma boa comunicação vai atender ou explicar (e bem rs) o por que da extinção.

 

Aumento de buyin.

O aumento aconteceu no Main Event, High Roller e PLO, acho justíssimo, brigamos por um Poker cada vez maior, por uma série reconhecida e com aval internacional. O aumento de buyin junto com um garantido de 1 milhão faz a viagem para todas as etapas valerem à pena. Com um buyin muito barato, entrar ITM não chega perto nem de salvar a hospedagem e viagem, um jogador profissional coloca tudo isso na balança.  Quem roda o circuíto sabe o quanto sai caro.

Sem falar que isso é um atrativo maior para quem é de fora do Brasil, antes do aumento, o cara lá de fora fazia a conversão e o buyin dava menos de 1k dolar… ou seja, a premiação final também seria equivalente! Não valeria a pena pegar um avião e sair do seu país.

 

Reentradas.

O LAPT já usa as reentradas faz bastante tempo, é uma das características e na mesma mão do aumento dos buyins acho que foi uma alteração feliz. Faz a viagem e o deslocamento até o torneio valer à pena. É claro que quem tem um bankroll mais estruturado vai usar isso a seu favor, podendo tomar mais riscos, mas em outro campo isso reflete também no prizepoll final. E outra se você sabe que o cidadão está atolando light, nada como adaptar o range e trazer a nosso favor.

Vi muita gente chamando a alteração de fator sorte, de bingo, entre outras coisas, acredito piamente que não. É tudo questão de se adaptar.

 

Novas Modalidades. (courchevel e 8game)

Na busca por transformar o BSOP em um evento é natural que tenham mais alternativas de jogos, não temos tradição nesses jogos, mas eles principalmente no caso do 8game são a essencia do Poker, é natural tê-los em uma grande série, mas não adianta querermos o glamour que o Stud tem nos EUA aqui no Brasil. Aos poucos vão ganhando força e se contarem pontos para o ranking vão dar um toque mais interessante para a corrida de jogador do ano, já que os grinders vão buscar explorar por pontos esses torneios com ‘menos’ regs.

E continuando a cornetada do 6-max, acho que faz total sentido adicionar esses paralelos mas sem tirar o torneio que todo regular gosta.

 

E o que vocês acharam?! Como viram essas mudanças?! Positivas como eu vi?

Conto com a opinião de vocês!

 

 

Abs,

Ban

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s