Como ganhar o torneio 1 bilhão?!

No domingo dia 30 o PokerStars vai fazer um torneio comemorativo, o torneio de número 1 bilhão, um recorde para a sala e todo meio do Poker, terá 2 milhões em premiação garantida total e 200k doletas para o primeiro (pelo menos!).

Todo mundo quer ganhar um torneio desse, o field será gigantesco, muitos jogadores recreativos, mas como ir longe como ganhar?! Trincando toda mão?! Recebendo AA vs KK toda hora?! Poderia ser um caminho mas sabemos que o Poker é um jogo de habilidade e ganhar com base no baralho é matematicamente improvável, para não dizer impossível. Pensando na habilidade e na particularidade de um torneio promocional, saparei algumas dicas:

Tudo é satélite!
Uma forma fácil de entrar nesses torneios promocionais é via satélite, diferente dos tradicionais, por causa do garantido tem satélite com muitas vagas rolando a toda hora, tem uns que eles chamam de “bash” que tem 100…200 vagas… é moleza de puxar uma investindo pouco. Só tome cuidado para não gastar em satélite mais do que a vaga, aqueles 3x turbo podem sair caro!

Tudo é mais que satélite!
Eu disse que ia dar dicas para ganhar o torneio e não para entrar no torneio não é?! Então, sabendo que quase 90% do field será de satélite você pode imaginar que são pessoas que estão jogando fora da sua zona de conforto. Não estão acostumadas com o buyin, estão pressionadas pelo dinheiro, se assustam com o fator bolha! Sabendo disso, explore isso, faça as jogadas corretas, não fique com medo do dinheiro, saiba pressionar na hora correta, descubra quem está enrolando por causa da bolha, investigue quem da sua mesa está pela primeira vez jogando um torneio de $109.
Não queime a largada, temos a paciência.
O field vai ser gigantesco! Quantas pessoas?! 20mil ?! 30 mil?! Sei que serão muitas e o torneio vai bombar. Por isso teremos um longo caminho a percorrer e quem tiver mais paciência, errar menos, vai levar o torneio. A ansiedade faz você cometer erros, querer jogar uma mão quando não deveria ou jogar de maneira equivocada, querer colocar tudo no pano com 100bbs ou então pagar light algo que não pagaria pensando “ah se dobrar dobrou…”
Tenha calma, paciência e não tente ganhar o torneio antes do Heads Up… entenda que cada blind e cada fase do torneio requer uma marcha a ser usada!
Eu não sei quem vai cravar o torneio, espero estar jogando o dia 2 do BSOP nesse domingo, mas caso eu esteja jogando, seja de casa seja pelo aplicativo de celular, sei que esses pontos serão fundamentais, explorar os pressionados e ter a paciência para explorar na hora correta!

Abraços,
Ban!

Tudo na vida (e no poker) é sobre range!

Por que Daniel Negreanu e Phil Ivey são tão bons naquilo que fazem?! Por que eles são máquinas em colocar as pessoas em range… eles olham para alguém na mesa, traçam seu perfil, analisam a posição, analisam o stack, pensam na fase do jogo, relembram mãos anteriores, tudo com a mesma finalidade, colocar as pessoas em um range, ou seja, em um leque de mãos.

Poker é um jogo de pessoas, tem um monte de matemática envolvida, até o fator randômico no meio, mas no fundo é um jogo de pessoas, que estão suscetíveis a erros e acertos, a momentos de agressividades e a de passividades, medo e pressão do dinheiro ou total desapego.

Tudo que fazemos na vida é range, um jogador de Poker apenas potencializa isso, lembre-se de todas nossas ações no dia a dia. Ao sair de casa você pensa em quanto tempo vai demorar para chegar ao trabalho, de 30 a 40 minutos…. na volta para casa o seu range muda, se for sexta feira chuvosa com o trânsito maluco, já pensa algo entre 1 e 2 horas. Quando vai ao mercado, já sabe o que quer comprar, tem alguns produtos que deseja e um valor que quer gastar, ou vai comprar produtos para um churrasco ou gastar R$300 para a compra do mês. Tudo isso é o seu range, você faz isso o tempo todo, você não começa a assistir um filme sem antes imaginar quanto tempo ali vai gastar. Não vai para uma loja de roupas, comida, restaurante sem saber, se for há uma chance de se ferrar.

No Poker não é diferente, temos um total de combinações, temos uma estimativa de o que pode acontecer ou não acontecer. A primeira é óbvia, como podemos tirar o máximo valor de uma mão?!

Se for uma mão muito ruim, o bom e velho 72o, será foldando, se for uma mão especulativa, pode ser pagando um raise, se for uma mão de valor pode ser 3betando. Essa é uma visão simplista, sabemos que para cada ação citada podemos alterar a nossa atitude, pagar com o 72o se as odds forem favoráveis, foldando um T9s se não estivermos um stack justo e talvez pagando uma mão de valor sabendo que vamos manter um range pior.

Tudo que acontece no Poker muda nosso range!! Há três coisas que mudam o tempo topo, que fazem a gente mudar nosso leque de mãos e deixar o Poker tão dinâmico: stack, posição e cartas. Há as outras coisas, imagem, fase do torneio, estrutura etc etc.

Então quando estiver na mesa, lembre-se daquilo que faz no dia a dia, não sei qual a sua profissão, como vai para o trabalho, o quanto gasta no mercado e nem quanto gasta com alimentação. Mas você está o tempo tudo fazendo estimativas, e no Poker é assim, quanto melhor estimar a gama de mãos do adversário, mais será bem sucedido.

 

Abraços,

Ban!

 

2 coisas para se aprender com Negreanu no Hall da Fama

Negreanu-HOF

Pouco antes da mesa final do WSOP teve a cerimônia do Hall da Fama, onde assim que alcançou os requisitos, Daniel Negreanu foi nomeado e aceito. Revendo as notícias e imagens, achei algumas coisas interessantes para aprendermos e levarmos como lição:

 

Sem planejamento correto até Daniel Negreanu quebra.

É isso ai, mesmo se você for o Daniel Negreanu e não ter um planejamento para a sua carreira a chance de você quebrar é enorme. No discurso, Negreanu contou que na sua primeira viagem para Las Vegas foi com um bankroll de 3k, e como disse no discurso, em menos de 24 horas tinha em suas mãos um monte de tempo livre, em outras palavras, quebrou/bustou.

My first trip to Las Vegas was here, in Binion’s Horseshoe, downstairs,” said Negreanu. “I brought a $3,000 bankroll, and about 24 hours later, I had a lot of free time on my hands.

Por isso sempre falamos sobre gestão de bankroll, é algo fundamental para a sua carreira, os melhores jogadores do mundo administram isso na ponta do lápis, afinal, é o capital de giro da empresa que é um jogador profissional de Poker!

 

– Faça algo que ame e que traga orgulho.

Em uma das passagens do seu discurso, Daniel Negreanu contou sobre o preconceito que ele e a família dele, no caso sua mãe, sofreu quando ele decidiu viver do Poker na década de 90. A mãe dele conversando com uma amiga, escutou que nunca queria um filho envolvido com algo assim.

Foi naquele momento que ele decidiu que ele faria de tudo para orgulhar sua mãe e família.  Quase 25 anos depois, ele disse que se ali estivesse os familiares estariam orgulhosos.

Por isso nos posts sempre falamos das metas maiores, é claro que todo mundo quer ganhar um campeonato, ser o jogador do ano, mas por que?! Sempre há objetivos maiores que realmente contam, e são esses objetivos que dão força nas horas em que tudo parece dar errado.

Qual a sua imagem?!

Tarrrrde!!!

O último post falando sobre a zica de segunda feira fez um baita sucesso. Recebi um monte de mensagens não só pelo blog mas também na fanpage via imbox. Com todas as mensagens que chegaram, compilei um pouco do que mais chegou e deu nesse outro texto aqui.

Poker é um jogo de pessoas lembra?! O fator humano sempre muda tudo, para colocarmos alguém perfeitamente em range precisamos compreender alguns fatores humanos, como ela pensa o jogo, como jogou algumas mãos passadas. Estamos na bolha de um torneio, resolvemos pressionar um stack mediano, só essa informação não é suficiente para irmos all in ou não, precisamos saber quem é aquela pessoa por trás… será que aquela pessoa está pressionada pelo dinheiro para sentir a pressão?!

Agora você já pensou no inverso?!

Você está lá sentado na mesa, é uma verdadeira vitrine de informações. O jeito que está se vestindo, o que está conversando na mesa, como se comporta em cada mão.
Muitas vezes nos preocupamos apenas com quem está do outro lado, mas e nós?!

Obviamente que você não vai começar a tremer na mesa tentando passar a imagem de alguém nervoso, já que você não é ator, vai passar no mínimo vergonha.

Se todos na mesa sabem que você é um jogador profissional de Poker, os jogadores reagirão de algumas maneiras. Alguns irão querer jogar todas as mãos contra você, eles sabem que você é melhor que eles e justamente por isso eles querem ganhar uma mão de você. Tem o oposto, aquele que ao descobrir que você é um jogador profissional irá jogar de maneira mais conservadora.

Resta a você entender se as pessoas do outro lado estão observando isso e aplicando isso.

Em alguns torneios que joguei na Europa ou em Vegas era totalmente um anônimo, estava algumas vezes sem patch e não tinha nenhum site de cobertura. Como as pessoas me viam é totalmente diferente de um torneio no Brasil, que ao chegar a mesa, além do patch do Akkari Team, já conheço mais da metade da mesa, muitos são amigos e já vem o bate papo, ai chega o Mebeliska, TvPP … a forma como você é visto na mesa sofre todas essas interferências e isso reflete em como as pessoas vão reagir, como irão jogar contra você.

Por isso também falamos sobre o showdown gratuito, quando você mostra as cartas sem ser obrigado. Você está dando informações que em um jogo de informações incompletas pode custar muito caro… vemos na televisão jogadores dando o showdown do blefe gigantesco… mas eles sabem como agir depois, de como aquilo irá afetar a sua imagem.

Quando estamos começando, ser reservado e chamar menos atenção para si é o melhor a se fazer, irá puxar muito mais potes sendo um anônimo do que um show man a lá Daniel Negreanu que comenta hiperativamente todas as mãos ou um Phil Hellmuth que chora a cada flip perdido.

Abraços,
Ban

Xô zica de Segunda Feira!

Xô zica de Segunda Feira!

Estava dando uma olhada na quantidade de textos que felizmente consegui gerar para o blog. Compartilhar informação e levar mais do Poker para outras pessoas é bem legal, mas tenho que confessar… às vezes dá uma preeeguiça… Os textos não estão prontos, levam tempo para serem escritos, precisa pensar em um tema, desenvolver, escrever, reescrever, revisar e publicar… deixar de assistir o futebol ou fazer isso depois do grind que está cansado depois da maratona de 12 horas de jogo ou antes do grind mas de manhã nunca tem tanta inspiração, escrever isso na sexta feira?! Jamais!

Falei dos textos do blog, passei pela preguiça, mas o que isso tem de relação com o Poker?! Bom… primeiro que assim como na hora de escrever o texto, a preguiça existe na hora de estudar, fazer session review, assistir um vídeo e sempre temos uma carta na manga para deixar para depois. Eu nunca tive uma desculpa para não grindar, mas agora para todas as outras coisas… ixi… a lista seria interminável.

Sempre deixamos para depois, mas quantas coisas condicionamos a outras?! Não é tão complexo assim… mas é só pensar em quem precisa mudar a alimentação, sempre vai começar na segunda feira… quando a segunda feira chega aquela vontade já passou. O mesmo com estudar, é sempre amanhã, é sempre depois do grind ( que você sabe que estará cansado). Quantas vezes não escutei “ahhh quando eu ganhar tal torneio faço isso”… ou então “quando eu entrar para tal time vou estudar X horas por dia”. No final nunca fazemos e na maioria das vezes nem é tão difícil, só não damos o start, o ponta pé inicial.

Também sou assim, acho que a maioria dos jogadores de Poker são assim. Somos mais preguiçosos do que executadores, os que são minimamente executadores se sobressaem, aparecem mais, crescem mais.
Vejo algumas coisas na minha vida hoje, se eu tivesse executado mais no passado, hoje a situação seria diferente. Assim como o texto no blog, se não fosse tirar a inhaca e escrever o primeiro?! Esse não estaria saindo.
Já estudei, fiz review, vi vídeos, mas será que foi o suficiente?! Talvez não, faltou o surto em uma ou outra área, potencializar mesmo.

Quantas pessoas querem estar no seu lugar?!

Se você está acessando um blog sobre Poker provavelmente tem muito mais que a média da população mundial, mais do que milhões de pessoas. Mais no sentido de informação e de aquisição. Todos nós ou já passamos ou consideramos estar em uma situação indesejável, inconformados com a situação atual, isso é bom, o que é ruim é não dar valor àquilo que temos e realmente temos mais do achamos.
Uma downswing, uma bad beat em reta final do torneio, algo que te impediu de exercer Poker, algumas delas são coisas do dia a dia, você escolheu essa profissão e não pode deixar que ela te consuma. Isso irá fazer parte do seu dia, não pode se corroer com isso.

A chave do Poker é executar! Estude, grinde, estude mais e grinde mais. Mas faça isso agora, não condicione isso a um evento!

Tire essa bunda gorda da cadeira…. ou no meu caso bunda magrela!

Boa semana a todos!
Ban