Vamos falar sobre ranges?!

Range aleatorio
Range de 17%

 

Boa tarde galera!

 

Os últimos posts bombaram, uma mão que eu postei na fanpage deu o que falar. E seguindo a mesma linha vamos falar de um assunto mega importante e interessante para quem está começando, vamos falar sobre ranges?!

Primeiro de tudo, range é a gama de mãos que o adversário pode ter, a princípio ela começa sendo qualquer combinação possível – afinal não temos influência na distribuição de cartas – e conforme diversos fatores se combinam a gente filtra essas mãos até chegar em um “leque de mãos” pequeno, mais preciso.

Ok, entendemos o que é range e que um monte de coisa influência, então como começar a analisar e ‘filtrar’ as mãos possíveis?!Os fatores são infinitos, mas vamos listar alguns e em artigos futuros a gente fala sobre outros fatores.

 

1- Quem é a pessoa?!

Um erro de quem está começando é esquecer que Poker acima de tudo é um jogo de pessoas, temos a variável “humana” que faz alguém tomar ou não tomar uma atitude, optar ou não optar por um caminho. Saber quem é a pessoa, o que ela está fazendo, como ela pensa o jogo, se ela é recreativa ou não, se ela almeja ser profissional ou se ela é extremamente bem sucedida em outra profissão e está ali apenas por diversão. Por isso o foco é tão importante, no jogo ao vivo temos a informação ali na nossa cara, podemos interagir de forma muito pessoal com todos, bater papo entre as mãos e usar isso a nosso favor, por esse motivo a gente sempre fala que é muito importante seu foco estar sempre na mesa, fora de celular ou até mesmo o sair para fumar. Cada frase, cada ação, cada showdown é uma informação que você terá na construção do range do adversário. Já no online, nós temos a vantagem de repassar mãos anteriores por causa do replay e também o bom e velho google, é só jogar lá o nick do citação com a palavra chave poker que vai aparecer um monte de coisa.

 

2 – Posição

Posição é um dos fatores mais importantes do Poker e muito de jogar ou não jogar uma mão é influenciado pela posição. Se temos mãos marginais, iremos foldar do inicio da mesa e provavelmente jogar quando roda em fold até nós naquelas posições de roubo (hijack, cutoff e botão), isso por que teremos menos adversários ainda por agir e normalmente estaremos “em posição” ou seja, eles terão que agir primeiro, por isso é um pepino defender os blinds, se você não dominar muito da técnica será muito deficitário. E o que tudo isso tem a ver com range?! A gente tem a análise da pessoa, sabe que ela é uma estudiosa do jogo, sabendo disso, ela jogará com um range mais curto que vai ficando mais amplo até chegar no botão, ou seja, você sabe que um Negreanu joga poucas mãos do UTG e muitas mãos do BTN, o range é fortíssimo do UTG e gigantesco (e com muitas mãos fracas) do BTN. Ahhhh, mas o “Senhor Silva lá do meu home game abre J3 do utg, quando não limpa, ótimo, vamos usar isso a nosso favor, sabemos que o range dele do começo da mesa também é fraco, azar o dele que muito das vezes estará fora de posição contra nós!

3- Stack

Stack é nosso patrimônio, e vou ousar dizer viu, é até mais importante que nossas cartas e nossa posição, por um motivo simples, com um stack grande podemos exercer todo tipo de criatividade e pressão nos adversários para fazerem eles foldarem, se estamos “gigantes” em fichas, nunca ficaremos em all in no turn ou no river, isso é jogabilidade e o que isso tem a ver com range?! Bom, a gente já conhece o Sr. João, já sabe como ele joga de cada posição (até mesmo se ele sabe o que é posição), o range do Seu João que nada sabe de Poker, do Ivey, meu, de quem quer que seja irá variar devido ao seu stack, como ele irá variar?! Ai depende das nossas leituras e de como usar essa informação a nosso favor. Quanto mais fichas temos, além de mais jogabilidade, também podemos correr mais riscos, sem afetar a nossa vida no torneio, ou seja, é a justificativa perfeita para a agressividade. Agora pensando no range, leque de cartas, se você está gigante no torneio, irá jogar mais mãos, até mesmo fora de posição, por que poderá exercer pressão nos demais e fazê-los foldar, poderá foldar alguns spots marginais também, afinal torneio é sobrevivência. Agora imagina o range de quem está short?! Se o cara estiver muito short ele será gigantesco, por um simples fato, ele precisa ir all in com urgência ou os blinds passarão por ele, em contrapartida será um range bastante curto quando se fala em termos de pos flop, afinal ele não tem mais jogabilidade, uma aposta no flop, será praticamente todo seu stack, então lucrativamente falando, o cara já descarta os suitedconnectors, as pares baixos que são mãos que para serem lucrativas, o famoso +Ev, precisamos de um stack saudável para jogar.

 

Ufa!

Texto gigante não é?! Mas o tamanho compensa pelo conteúdo, espero que tenham gostado e que ajude nas mesas. Isso é apenas 1% do que é pensar em range, mas é o 1% tão importante que se você negligenciar, não vai conseguir fazer todo o resto tão bem, nos próximos textos falamos sobre mais variáveis, mais itens que contam na hora de atribuir range!

 

E claro, se tiverem sugestão, é só mandar, o carinho que está chegando pelas mensagens é simplesmente foda!

 

Abraços,

Ban

9 thoughts on “Vamos falar sobre ranges?!

  1. Ban o blog ta muito bom cara!! não to perdendo um, continua assim… se puder dar uns toques sobre leitura de board seria bem legal! valeu e gl nas mesas ai man.

  2. Mais um excelente post, recomendo e compartilho! Aproveitando que abriu a oportunidade para gente aqui desse lado dar opiniões, ai vai uma. Existe uma grande dificuldade dos jogadores iniciantes sobre a quantidade de fichas à apostar proporcionalmente com o tamanho do pot. É o famoso “tamanho da aposta/raise”. Sabemos também que isso é muito abrangente, porém se manter o mesmo 1% com a mesma qualidade do post acima, já estará de excelente agrado.
    Valeu cara!
    Grande abraço.

  3. Mestre Ban. Seu texto é muito bom, didático e deixa bem claro a importância de cada um dos itens. Agora cabe também a nós que queremos melhorar no jogo, treinar e seguir o que está nos indicando e estudar, estudar, estudar e estudar mais um pouquinho. Esse negocio de Range não é nada simples, mas com esforço, dedicação e treino sempre vamos melhorar a cada dia !

    Obrigado.

  4. Excelente post, realmente explicou um assunto complexo e amplo de forma simples e de fácil entendimento até para os iniciantes. Continue assim mestre.
    Sugiro também que faça um post sobre os livros para reforçar o estudo. Bons jogos.

  5. Boa noite Ban!!!
    Maravilha de post, aliás como todos os anteriores…
    Você podia falar um pouco sobre o famoso tilt, e em especial aquele tipo de tilt em que se entra após uma série de resultados “positivos” no jogo!!! Sim, positivos!!! Quando você vai pro jogo com aquele sentimento do “já ganhou”, ou então o ” eu to jogando muito”… Geralmente o choque de realidade é devastador!!!

    Forte abraço!!!

  6. Sem palavras infelizmente sou aposentado devido ao um tiro que levei e não tenho condições de fazer um coach com vocês, uma que sou cadeirante e outra que não tenho dinheiro mesmo. Estou tentando me profissionalizar no poker ta difícil mais essas ajudas e de suma importância, continue dando algumas dicas pelo menos pra mim ta valendo muito a pena abraço e que deus abençoe vcs todos Ai.

  7. Sensacional. Para nós, entusiasta iniciantes, é de grande valia os posts com tamanha riqueza de conteúdo. Sem dúvida um grande auxílio para o desenvolvimento do esporte no país. Parabéns

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s