De volta para minha terra!!

Mapa-do-Brasil

 

Estou escrevendo esse post aqui na madrugada de Monte Carlo, já fiz as malas e amanhã logo cedo já vamos para Nice embarcar rumo ao Brasil !

Foram mais de 20 dias de viagem e mais de 20 dias com cada um sendo um aprendizado, tendo uma experiência diferente a cada dia e aprendendo mais, seja nas mesas de Poker, assistindo algum amigo no grind, um mito internacional ou no contato com culturas novas.

Pessoalmente, vi a importância do volume e como faz falta aquele volume de cada dia no online, aqui nesse mês jogamos menos torneios do que normalmente temos em telas simultâneas no online, como falar da variância nesses casos? A amostragem do online, o número de mãos jogadas é imbatível, o online é a melhor escola e a melhor fonte para você criar uma biblioteca de mãos jogadas vasta, passar milhares de vezes pela mesma situação para quando a encontrar novamente não errar.  Ou seja, nessa primeira lição, vou me dedicar mais ainda ao online, criar uma gama de mãos jogadas maior e claro, estudar muito mais, usar e rever as mãos jogadas com muito mais frequência.

 

Outro aprendizado que tive, ligado ao de cima, é que precisamos ter estômago, já estou mais que acostumado às brincadeiras do baralho no online, de ver aquele 3 outs no river e perder 80-2o como algo natural no âmbito do jogo, no Ao vivo é um pouco doloroso, obvio que não acontece com tanta frequência (afinal só estamos em uma mesa!!) mas quando acontece é muito mais doído, você viajou, ficou em hotel, está longe de casa, enfrenta horas na mesa para ver aquele 9 batendo no turn naquele all in pre flop do seu KK contra 99, ter que levantar da mesa, cumprimentar todo mundo, não ter outro torneio para jogar e ir para o hotel esperar um ou dois dias para o próximo torneio.

 

Agora veio talvez o maior aprendizado que foi em relação à cultura. Que SAUDAAAADES do Brasil.

A internet é uma porcaria, seja na Itália, na França ou em Monte Carlo…. Em todos esses lugares, praticamente só tem massa, e apesar de todo mundo amar uma boa pizza, na segunda semana você já enjoou e não aguenta mais ver uma macarronada pela frente.  Passamos pelo trem no caminho de Nice-San Remo e como assim alguém reclama do metrô de Sampa?! Ok ok… não é o melhor metrô do mundo, é lotado e as vezes quebra tudo, mas e aqui que nem escada rolante tem e uma passagem custa 8 euros?

Agora sim, a mais importante: E como as pessoas te tratam?! Temos aquele atendente mal educado no Brasil também, mas lá as pessoas conversam, olham nos seus olhos, é algo bem difícil de explicar, mas parece que o carisma e aquele jeito ‘familiar’ de tratar simplesmente não existe, algo hospitaleiro mesmo, na maioria dos lugares eramos tratados de forma bem indiferente para não falar de maneira rude em alguns.

Agora  é hora de fechar as malas, voltar para casa, preparar tudo para a “Session Brasil”, onde teremos uma pancadaria no SCOOP e logo em seguida, CPH e LAPT-BSOP! E logo depois Las Vegas…. que por incrível que pareça lá mesmo eles não tendo esse jeitinho brasileiro se esforçam para tratar o turista bem.

 

Essa viagem valeu em todas as instâncias, não posso esquecer da experiência de uma mesa final né?! Motivo para voltar mais feliz ainda para o Brasil.

One thought on “De volta para minha terra!!

  1. Parabéns pela FT Ivan.
    Da próxima vens a Portugal! És bem tratado, comes melhor que nunca, tens sol, praia, estadia de graça e a mesma língua! Ahhh e o metro só custa 1€ e tem escada rolante lol
    Abraço

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s