Voltamos para o live!

O último CPH que joguei foi em Janeiro salvo engano, depois disso teve a viagem para a Europa onde ganhei muita bagagem em torneios ao vivo. Não faz um mês que estava na mesa final em um torneio em Monte Carlo, sonho não?

Se você for pensar tudo isso que falei aconteceu faz pouquíssimo tempo mas muita coisa mudou nesse meio tempo, mas muita mesmo em várias esferas.

Chegando ao Brasil voltamos ao QG e a reta online, nunca me senti tão bem grindando, talvez a abstinência do online tenha potencializado tudo, conclusão? Do dia 1 de maio até aqui joguei mais de 1200 telas, fiz um profit considerável e um roi justo com o meu volume. Seguramente joguei perto de 200mil mãos de poker nesse período, treinando e analisando texturas de boards novas, cenários novos, adversários novos para maximizar cada vez mais os estudos.

Outras mudanças que aconteceram foi o surto sobre o que faltava na parte estrutural do time em si, a alimentação, o físico, os coachings, a preparação, vai ser cada vez mais profissional, antes apenas levávamos a sério tais quesitos, agora será surto! Não ficaremos devendo nada aos atletas de alto nível e estaremos cada vez mais preparados para um título internacional, um bracelete. (!!!)

Por motivos pessoais duas pessoas que tenho mais que orgulho de chamar de amigos na última reunião decidiram trilhar um caminho diferente, tanto o Culica quanto o Rafael decidiram focar a carreira de um maneira diferente e mais do que ninguém eu acredito que no final chegaremos ao mesmo ponto. Eles entraram no time comigo lá em 2012, evoluíram, cresceram, viveram novos torneios junto comigo e sei que serão aquele excelente jogador que sonho ser. A amizade deles talvez foi o maior presente desse time até agora.

 

Bom agora eu vou lá me arrumar que preciso correr para o H2, não sei direito ainda o que vai acontecer, mas estou preparado e vou passar grande para o dia 2.

 

Gl Gl a todos que forem jogar o live ou nos panos do online!

 

Vamooooooooooo

 

GG SCOOP!

Fim de SCOOP!!!

Aquele momento que você não sabe se fica feliz ou triste pela série ter acabado.

É sempre bom acordar e ter 6 eventos pagando uma paçocada para o primeiro, fora a chance de ser um ‘campeão de série’ mas junto vem a variância natural dos torneios de field gigantesco somado com ovalor dos buyins.

Infelizmente para mim não teve nenhuma reta final, cheguei ao ponto de ficar feliz com ITM mas muitas coisas boas aconteceram em paralelo.

A primeira é que joguei muitos eventos, perdi a conta de quantos, mas foi uma reta bem grandinha e ainda satelitei alguns high, a bagagem que isso dá é muito boa, é uma experiência que vai fazer muita diferença no futuro e claro, no SCOOP do ano que vem estarei calejado. Outra coisa boa, e talvez a melhor, é que mesmo com o fraco desempenho terminei esse período up,  busquei ótimos resultados nos torneios regulares e quebrei a variância com muitas mesas finais e cravadas!

 

Essa semana tem CPH e logo depois BSOP! E claro, muiiito grind!

 

Vamoooooooooooo

 

Domingo de saúde e trabalho!

Foto073

 

Hoje é dia das mães, muitas pessoas estão com suas famílias, almoços, churrascos e nós estamos aqui prontos para mais um domingo de muito trabalho, além da insanidade das telas teremos é ‘plus’ do SCOOP, vai ser pancadaria para todo quanto é lado!

 

Mas hoje o dia começou um pouco mais cedo, quem acompanha as redes sociais dos jogadores do Akkari Team, do próprio Akkari e do QG já leu sobre a nova perspectiva em termos do foco na saúde, em físico, estar preparado para grindar por horas sem sentir o menor incomodo.

Essa vontade sempre esteve dentro de nós e imagino que está dentro de todo mundo, todo mundo um dia acorda e pensa ” como seria bom ter uma rotina mais saudável” mas continua naquela rotina de dormir e comer mal, não se exercitar etc mas a vontade existe.  Desde que resolvemos sair do Poker recreativo para aquele esporte profissional de alto nível, tivemos que abrir mão do sedentarismo, focar muito no estudo e no preparo mental.

Hoje por exemplo, acordamos às 9, corremos algo em torno de 6km,  fizemos exercícios de condicionamento físico, uma tal tal de prancha que é do capeta mas tudo isso não só vai influenciar no nosso desempenho no grind que começa logo mais mas no longo prazo, nas nossas vidas em si, em chegar com um pouco mais de idade e estar com o mesmo pique de quando tinha 20 anos, com uma forma legal e com a saúde em dia. O nosso jogo ganha com isso mas acima de tudo nós somos o que mais ganhamos no geral.

 

Agora que o ânimo está lá em cima, depois de tomar um bom café, é hora de ir para o grind! colocar tudo aquilo que tanto estudamos e discutimos em prática!

 

Uma boa sorte a todos os brazucas e um  GL especial no SCOOP!!

 

Vamooooooooooo

Semana insana de grind!

retinhas

 

É isso ai galera, essa semana foi intensa de grind, quem acompanhou as redes sociais viu os resultados e retas finais e foram ‘algumas ‘ viu?!

Depois de passar um mês focado no jogo Live e na taradeza pelo online, cheguei no Brasil, curti a família e me internei no grind pesado, com uma rotina bem legal de acordar todos os dias cedo, cuidar (ou ao menos tentar) da alimentação e saúde, joguei esses dias de casa para ficar um pouco mais perto da família então não tive as benésses do QG Akkari Team mas amanhã já estou voltando para lá.

Fiz um volume bem legal esse mês, joguei muito, muitas retas, semis, ft’s, cravadas e alegrias e com um foco nos estudos tenho analisado constantemente meus números até para focar nos melhores tipos de torneios e modalidades.

 

Sempre de olho nos números notei algumas coisas interessantes que vou compartilhar com vocês:

– Estamos em maio e meus prize já é igual ao prize do ano passado todo.

– Estamos em maio e meu profit já é o dobro do ano passado.

– Meu ROI é 2.5x maior.

– Tenho metade do volume do ano anterior, com aproximadamente 3620 torneios jogados esse ano.

– Meu early finish dobrou, ano passado foi 5,4% e esse ano está em 11,4 (estou mais soltinho no early game?)

 

Esses são alguns números que constatei há outros diversos mas mais ligados os jogo em si, nos próximos posts eu compartilho.

Aproveitar esse final de quinta-fera e estudar um pouco, relaxar o corpo e a mente, amanhã meu dia será praticamente off game, irei na Speed Tour bater um papo com o Vini e depois partiu QG Akkari Team, onde começa mais um curso de um final de semana.

 

E claro, sábado tem SCOOP!

 

Vamooooooooooo

Reta do SCOOP !

Galera vou compartilhar com vocês a minha reta do SCOOP !!

 

Escrevi esse post e montei a reta ainda no avião, felizmente já tem wifi em alguns voos e deu para vir trabalhando o finalzinho da viagem, claro que as primeiras horas dormi de babar.

Recebi do Steal os torneios que estava apto para jogar, no final das contas de 44 torneios, é claro que esse número pode variar um pouco, posso satelitar algo ou então não jogar um dia ou outro para curtir a família e repor as energias!

Graças ao novo software do PS ficou bem fácil de separar os torneios, agora dá para favoritar, ai foi só tirar um print da aba favoritos e postar aqui!

!!!
!!!

 

Felizmente muita gente gosta de torcer e acompanhar o grind online e como sempre chega mensagens perguntando o que jogarei, fica compartilhado!

 

Como estou escrevendo esse post do avião, vou postar assim que chegar em casa, aproveitar a sexta e sábado para matar a saudades e domingão começar o grind mega pesado do online!

 

Vamooooooooooooooo

De volta para minha terra!!

Mapa-do-Brasil

 

Estou escrevendo esse post aqui na madrugada de Monte Carlo, já fiz as malas e amanhã logo cedo já vamos para Nice embarcar rumo ao Brasil !

Foram mais de 20 dias de viagem e mais de 20 dias com cada um sendo um aprendizado, tendo uma experiência diferente a cada dia e aprendendo mais, seja nas mesas de Poker, assistindo algum amigo no grind, um mito internacional ou no contato com culturas novas.

Pessoalmente, vi a importância do volume e como faz falta aquele volume de cada dia no online, aqui nesse mês jogamos menos torneios do que normalmente temos em telas simultâneas no online, como falar da variância nesses casos? A amostragem do online, o número de mãos jogadas é imbatível, o online é a melhor escola e a melhor fonte para você criar uma biblioteca de mãos jogadas vasta, passar milhares de vezes pela mesma situação para quando a encontrar novamente não errar.  Ou seja, nessa primeira lição, vou me dedicar mais ainda ao online, criar uma gama de mãos jogadas maior e claro, estudar muito mais, usar e rever as mãos jogadas com muito mais frequência.

 

Outro aprendizado que tive, ligado ao de cima, é que precisamos ter estômago, já estou mais que acostumado às brincadeiras do baralho no online, de ver aquele 3 outs no river e perder 80-2o como algo natural no âmbito do jogo, no Ao vivo é um pouco doloroso, obvio que não acontece com tanta frequência (afinal só estamos em uma mesa!!) mas quando acontece é muito mais doído, você viajou, ficou em hotel, está longe de casa, enfrenta horas na mesa para ver aquele 9 batendo no turn naquele all in pre flop do seu KK contra 99, ter que levantar da mesa, cumprimentar todo mundo, não ter outro torneio para jogar e ir para o hotel esperar um ou dois dias para o próximo torneio.

 

Agora veio talvez o maior aprendizado que foi em relação à cultura. Que SAUDAAAADES do Brasil.

A internet é uma porcaria, seja na Itália, na França ou em Monte Carlo…. Em todos esses lugares, praticamente só tem massa, e apesar de todo mundo amar uma boa pizza, na segunda semana você já enjoou e não aguenta mais ver uma macarronada pela frente.  Passamos pelo trem no caminho de Nice-San Remo e como assim alguém reclama do metrô de Sampa?! Ok ok… não é o melhor metrô do mundo, é lotado e as vezes quebra tudo, mas e aqui que nem escada rolante tem e uma passagem custa 8 euros?

Agora sim, a mais importante: E como as pessoas te tratam?! Temos aquele atendente mal educado no Brasil também, mas lá as pessoas conversam, olham nos seus olhos, é algo bem difícil de explicar, mas parece que o carisma e aquele jeito ‘familiar’ de tratar simplesmente não existe, algo hospitaleiro mesmo, na maioria dos lugares eramos tratados de forma bem indiferente para não falar de maneira rude em alguns.

Agora  é hora de fechar as malas, voltar para casa, preparar tudo para a “Session Brasil”, onde teremos uma pancadaria no SCOOP e logo em seguida, CPH e LAPT-BSOP! E logo depois Las Vegas…. que por incrível que pareça lá mesmo eles não tendo esse jeitinho brasileiro se esforçam para tratar o turista bem.

 

Essa viagem valeu em todas as instâncias, não posso esquecer da experiência de uma mesa final né?! Motivo para voltar mais feliz ainda para o Brasil.