Poker , trabalho e tempo!

Job!

Depois daquele domingo de muito Poker, tela para todos os lados, majors – os bons e velhos torneios ‘vermelinhos’ – e muita pancadaria, sempre vem aquela segunda feira.

Para a maioria de quem jogou ontem, hoje é dia de acordar cedo, colocar uma roupa social, encarar metrô e ter que dar bom dia para o chefe. A rotina de quem trata o Poker de forma profissional é um pouco diferente mas inclui a session review, estudar e montar a grade, analisar como anda a tendência do jogo em si.

É bem diferente do ambiente de escritório mas as semelhanças existem!

E falando nessas semelhanças, há uma discussão sobre implementar um ‘relógio’ nas mesas de live, foi bastante discutido no Aussie Millions e muitos sites gringos falam sobre.

O que sempre atraiu novos profissionais ao Poker foi justamente a oposição do game ao escritório, ser um espaço de lazer onde se ganha o salário. Sentar na mesa, dar risada, um momento de lazer. Se você assistir os vídeos e Poker a maioria dos jogadores vencedores ‘old school’ são os mais extrovertidos nas mesas, tornam aquilo um entretenimento, agradável ao jogador recreativo que querendo ou não é a base da cadeia alimentar ( fato forme mas fato.)

O jogador recreativo está ali pela emoção do jogo, por pagar um pré flop e continuar pagando na sua broca e gritar loucamente quando acertar. De conversar com outras pessoas que estão na mesa, de tomar sua cerveja, papear falando mal do seu verdadeiro emprego, enquanto o profissional coleta todas essas informações para usar durante aquele turn ou river complicado.

Agora imagina para aquele cara que trabalhou o dia todo, tudo que queria era chegar em casa e tirar o terno, ao ir para o seu torneio, seja ele um wsop ou ept e já sair de casa com a pressão de que se tiver que pensar o dealer logo anunciará “30 segundos senhor…” e toda aquela pressão dos prazos e do chefe logo voltarão à sua cabeça.

Tudo ainda é uma discussão, pensando se vale à pena ou não a implementação, porém, qual seria as consequências no longo prazo ?!

Se a tentativa é deixar o Poker cada vez mais um evento para todos por que engessar o jogo ?!

3 thoughts on “Poker , trabalho e tempo!

  1. Alguns dos comentários que vi sobre o assunto se baseiam nisso como forma de viabilizar os torneios para transmissão da TV porem é inviável para qualquer emissora deixar 5 6 horas passando um esporte em teoria que é de nicho e não de massa, acredito que ficaria de forma engessada de mais como você mesmo falou, ainda por cima com objetivo que dificilmente será alcançado, o telespectador gosta de novidade e 6 horas passando a mesma coisa não tem novidade, deixa como está e transmite os jogos pela internet como é feito hoje brilhantemente pela TV poker pró

  2. Ban, eu acho que o tempo deve ser solicitado para evitar abusos. Eu estava vendo a transmissão do PCA no Bandsports e um cidadão (esquecio nome) pensou 8 minutos para dar um call no river… A mão toda deve ter demorado uns 12 minutos. Acho que, no total, uns 2:30 ou 3 minutos seriam razoáveis. Para vc remontar a jogada, definir ranges e executar a ação.

  3. Muito interessante este assunto e de fato algo será feito. Mas assim como até hoje é usado o bom senso na hora de pedir tempo à um jogador, que se faça uso do mesmo para tomar uma atitude de “PADRONIZAR” as ações.
    Nós players online que tomamos varias decisões em um curto espaço de tempo, ficamos até meio intediado numa mesa de live, porem não acho uma boa ideia o time clock, os “Prós” ganhariam mais edege, aumentaria a chance de erro dos jogadores recreativos, mas até pra varios “Prós” estar em live’s é para destrair, fazer midia e rever amigos, porque colocando na ponta do lápis os eventos live’s em questão de lucros/longo prazo realamente é sick dizer que vale trocar o online.
    Com base nisso, acredito que o tempo de ação de live’s tem que se usar o bom senso, porem levanto outra questão que aparecera com isso, seu bom senso não é igaul ao bom senso de outra pessoa nunca, então você fazendo uso do “SEU” bom senso apreceram outros usando o bom senso “DELES” para julgar sua ação de pedir tempo para tal jogador, isso acaba virando uma bola de neve. Para solucionar a 2ª questão que levantei, seria padronizar, colcoar o time clock, opa esperai, sou contra o time clock, vamos usar o bom senso, ok tá não concordo com “seu bom senso” verdade, então vamos padronizar….heheheheh entende???? #BOLADENEVE

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s